Torcedores; Fluminense; Laranjeiras
Brasileirão Futebol

Torcedores do Fluminense invadem sede do clube em Laranjeiras

Na noite desta terça-feira, aproximadamente 50 torcedores invadiram a sede do Fluminense em Laranjeiras, entrando pelo estacionamento da Avenida Pinheiro Machado. O protesto tinha como objetivo dialogar com o presidente Mário Bittencourt, em meio à difícil fase do Tricolor no Brasileirão.

Durante a invasão, alguns torcedores soltaram rojões, causando pânico entre os frequentadores do clube, o que levou ao fechamento temporário das instalações. A Polícia Militar foi chamada e pelo menos duas viaturas foram enviadas ao local.

Ricardo Conceição, gerente do clube, conversou com os torcedores, que permaneceram no local por cerca de uma hora.

Situação atual do Fluminense

O Fluminense está na última posição no Brasileirão, com apenas seis pontos. Na segunda-feira, o clube anunciou a contratação de Mano Menezes para substituir Fernando Diniz. Na quinta-feira, a equipe enfrenta o Internacional no Maracanã.

Membros de torcidas organizadas teriam recebido informações sobre uma reunião do conselho com a presença de Mário Bittencourt na sede do Fluminense naquela noite, buscando se encontrar com o presidente do clube para cobrar explicações pela má fase do time e pedir novas contratações. No entanto, o dirigente não estava presente.

O Fluminense atravessa uma crise inesperada após conquistar a Libertadores no final de 2023 e a Recopa no início de 2024. Atualmente, o tricolor é o lanterna do Campeonato Brasileiro, com apenas seis pontos em 13 rodadas.

O desempenho ruim resultou na demissão de Fernando Diniz. O técnico Mano Menezes foi anunciado ontem e já comandou seu primeiro treino hoje, no CT Carlos Castilho, que fica distante das Laranjeiras.

Mano Menezes no comando técnico

Um dia após ser oficialmente anunciado, Mano Menezes iniciou nesta terça-feira (02/07) seu trabalho como novo treinador do Fluminense. O comandante chegou cedo ao CT Carlos Castilho para conhecer as instalações do clube e se reuniu com dirigentes e membros da comissão técnica. À tarde, ele conduziu sua primeira atividade com o elenco. Em entrevista exclusiva que será exibida em breve na FluTV, Mano celebrou a oportunidade de dirigir o Tricolor e elogiou o grupo.

“Eu sou técnico de futebol e vivo desses desafios. Aceitar a proposta é um atestado de credibilidade no grupo que analisei para assumir o trabalho. Quando você aceita um convite, é porque acredita que pode realizar um bom trabalho e tem fé no grupo que está assumindo”, afirmou.